A história do Mastiff

Começo minha história arrebentando. Sou o maior cão entre todas as raças.

E que fique bem claro que Mastiff é só para os íntimos, mas saiba que tenho nome e sobrenome: Old English Mastiff.

Pra você que vai me escolher como seu cão, permito-lhe a abreviação.

Bom, como meu nome completo mesmo diz, sou um cão inglês e descendente dos grandes mastins, que eram cães gigantes da Ásia.

Em 3000 A.C os monumentos egípcios já continham desenhos da minha raça. Isso quer dizer que minha raça é muito conhecida e muito antiga.

Para ter uma ideia da notoriedade da minha raça, fui descrito na literatura em 55 A.C. E ninguém menos do que o imperador César cita a bravura e coragem da minha raça nas lutas romanas. Na verdade, ele foi muito além disso. Como adorava uma luta e tinha verdadeira paixão em ver sangue, ele me colocou na arena, por várias vezes, frente a frente com leões, ursos, e gladiadores humanos. Ah! César... não precisava exagerar...

Como se isso não bastasse para testarem minha coragem e força, ainda me utilizaram em guerras e na caça de grandes animais. Claro... não teve pra ninguém. Na época, eu era um cão agressivo, pois tinha que lutar pela minha sobrevivência em meio a tantos testes que me punham à prova.

Nos dias atuais, com todas as modificações feitas em minha raça, posso assegurar que sou um cão alerta, que protejo a família e a casa onde moro com muita eficiência, mas não sou uma ameaça para ninguém.