A história do Pequinês

Tem uma lenda chinesa que ronda a minha história que é, no mínimo, muito romântica. É sobre um amor que parecia impossível.

A lenda é muito antiga e diz que há séculos atrás um leão teve um encontro com uma macaca, apaixonou-se e quis casar com ela, mas para que isso acontecesse, eles teriam que se apresentar para o deus Hai-ho.

O Deus avisou ao leão que se ele precisava saber que ao se casar com a macaquinha ele não teria mais a estatura e nem a força que tinha e perguntou se ele estava disposto a sacrificar tudo isso para ficar com ela.

O leão disse ao Deus que aceitava. Tudo em nome do amor. E o Deus Hai-ho, fez a sua vontade.

Por isso dizem (pelo menos na lenda) que foi assim que a minha raça nasceu.

E não é que às vezes quando me olho no espelho parece que vejo mesmo uma mistura de leão e macaquinha na minha feição. Será que é só impressão minha?

Mas isso não tem importância. O que importa é que sou corajoso como um leão e tenho a delicadeza e docilidade de uma macaquinha, ainda que isso possa parecer bem esquisito.

Então, fica claro que minha origem é chinesa. Aliás, eu era o cão favorito da corte imperial na china e já servi de inspiração, várias vezes, para aparecer em várias obras de arte de lá: vasos, telas e decoração em geral.

A verdade é que os chineses sempre admiraram a minha raça e tinham muito respeito comigo, pois eu sou muito parecido com o leão chinês que é, até hoje, muito respeitado por eles.. Tanto era o respeito que os mais pobres (plebeus para eles) não tinham permissão de ter um Pequinês. Tá certo que parece um exagero privarem outras pessoas a terem o privilégio de ter um cãozinho como eu, mas entendo esse lado místico deles. É só uma questão de crenças e costumes.

Bom, continuando, quem tem mais de 50, 60 anos, vai se lembrar de como na década de 50 e 60 houve uma verdadeira febre da minha raça no Brasil. As pessoas enlouqueciam querendo ter um exemplar da minha raça, porque eu era um dos únicos cães mais populares que eram pequenos e graciosos.

Depois surgiram outras raças (poodle, por exemplo) que fizeram com que diminuíssem a escolha por mim.
Creiam, senti muito por isso... sniff.