A história do Retriever do Labrador

Surgi de vários acasalamentos, muito selecionados, diga-se de passagem, até chegar a minha raça. Sou o famoso Labrador.

Tudo começou na planície de Terra Novam no Canadá, mas foi na Grã bretanha que minha raça teve seu início.

O que os criadores queriam com esta mistura toda, era um cão que tivesse uma pelagem grossa e bastante resistente para se atirar na água, salvando pessoas ou buscando objetos e que fossem obedientes e com a habilidade de carregar os objetos que fossem buscar, sem estragá-los.

Eu sou esse ser...quase perfeito: o Labrador.

No início da minha raça a cor preta era a única admitida, mas nas ninhadas da minha mãe meus irmãos nasciam de outras cores, como o amarelo e o chocolate. Seria uma injustiça com eles se também não fossem reconhecidos pelo Kennel Club, mas depois de tantos latidos nos ouvidos deles, acabaram por entender que todas as cores deveriam ser permitidas.

Posso garantir que minha mãe ficou bem feliz com isso, pois agora todos nós somos reconhecidos oficialmente. Sabe como é...mãe é mãe.