A história do Shih Tzu

Nasci no Tibet e meu nome provém do dialeto chinês Mandarim e significa Cão Leão. Dizem as boas línguas que foi o Dalai Lama Tibetano que no ano de 1640 presentou o imperador da China com os primeiros exemplares da minha raça, o que deixa a minha história muito chique, não?

Na minha história contam algumas lendas mas também algumas histórias verídicas que foram amplamente estudas por historiadores. Uns dizem que nasci a partir do cruzamento do Pequinês e do Lhasa Apso e também que fomos criados isoladamente no palácio real e que todos os exemplares da minha raça pertencentes a imperatriz eram zelados pelos eunucos do palácio que tinham a obrigação de cuidar do nosso bem estar.

Somente em 1928 é que minha raça começou a sair do palácio para ser adotado como cão de estimação por outras famílias, mas somente as famílias ricas é que podiam ter um exemplar. Cá pra nós...com esse cuidado todo eu só poderia ser um cão muito especial.