O que pode acontecer quando o cão ficar sozinho

Algumas atitudes do cão ao ficar sozinho poderão ser destruidoras, então é preciso compreendê-las para evitar castigos desnecessários

Sou um cão, portanto, adoro uma companhia. Posso fazer miséria com os objetos do meu dono ou dos moradores da casa quando me deixam sozinhos por muito tempo ou por não receber atenção adequada. Mas isso não é uma vingança. Só estou te dando sinais que estou triste, portanto, não tome atitudes drásticas comigo.

  1. Se me sinto solitário posso rasgar tapetes, roer móveis e transformar sua vida num inferno. Também não adianta ficar boa parte do tempo em casa, mas não me dar atenção. Se você tiver que se ausentar de casa por algum tempo, quando chegar me dê um pouco de atenção, dedicando-me alguns momentos com brincadeiras e carinho. Não custa nada.
  2. Já viu um cão entediado? Nem queira! Se você não sai comigo para que eu pratique exercícios e nem me dá atenção, verá que posso picotar várias revistas ou jornais que eu achar pelo meu caminho. Faço isso em segundos. Esse é outro sinal que estou lhe dando para avisar que não tenho nada para fazer e que preciso, urgentemente, de distrações.
  3. Qualquer mudança na rotina da sua casa será percebida por mim. Um exemplo é quando você está para viajar. Sou mesmo um danadinho que logo percebe que algo está diferente e que não está acontecendo como todos os dias. Fico apreensivo e aflito por perceber essa mudança. Tem dó de mim...

Telma da Camara